O que fazer em Lages


Localizado no centro de Lages, próximo aos principais shoppings, restaurantes, pólos de negócios e turismo, o Lages Plaza Hotel
conta com uma estrutura completa para atender profissionais e famílias que queiram desfrutar de conforto, bom atendimento
e um café da manhã especial na sua passagem por nossa cidade.

Parque Jonas Ramos

Popularmente chamado de Tanque. Correia Pinto, fundador da cidade, por volta de 1771, teria mandado construir um tanque aproveitando quatro ou cinco fontes naturais que ali existiam para que as mulheres pudessem lavar suas roupas sem serem molestadas por índios e animais selvagens. O local foi homenageado com o Monumento às Lavadeiras. Ainda neste local possui um Centro Ambiental, com quadros das espécies nativas da fauna serrana, este funciona em horário comercial, no tanque existem aproximadamente 1.000 carpas vermelhas e pedalinhos para fazer passeio.

Horário de funcionamento do Centro Ambiental: 08:00 – 12:00 / 14:00 – 18:00
Segunda a sexta-feira.
Os pedalinhos funcionam somente no final de semana.
Fonte: www.visitlages.tur.br

Catedral Diocesana

No dia 01 de janeiro de 1922, após 12 anos de construção, estava pronta a grandiosa igreja de Lages para ser consagrada. A missa foi celebrada por D. Joaquim Domingues de Oliveira, Bispo do Estado de Santa Catarina. Construída em pedra pelos padres franciscanos, em estilo neo-gótico, vieram da Alemanha sete (07) projetos para que fosse escolhido o que deveria ser executada. Frei Egídio Lother, da ordem Franciscana assumiu o projeto como arquiteto construtor, a direção das obras. Possui vitrais importados da Alemanha. A luz que passa através deles são de uma beleza comovente, produzem sensação de plenitude, eternidade e de paz. Ainda no interior da Catedral destaca-se o altar-mor, em estilo gótico e as imagens do Senhor dos Passos e da Nossa Senhora das Dores, esculpidas por um renomado imagineiro, também vinda da Alemanha, impressionam pela delicadeza das expressões e o movimento do drapeado do manto dos Santos.

Fonte: www.visitlages.tur.br

Monumento Antônio Correia Pinto de Macedo

A Capitania de São Paulo achou por bem fundar uma povoação nesta região, diziam que a finalidade seria proteger fazendeiros, tropeiros e viajantes contra o ataque dos índios e animais ferozes, mas o motivo maior seria o de criar um ponto de defesa contra a invasão dos espanhóis que cobiçavam esta terra rica em pastagens com águas cristalinas e topografia invejável, própria para a pecuária. O Bandeirante paulista de origem portuguesa que era fazendeiro tropeiro e mercador de animais, assumiu o compromisso de fundar a nova povoa. Em 22 de novembro de 1766 sobre a invocação da Santa de origem portuguesa da qual deram o nome de Nossa Senhora dos Prazeres dos Campos das Lages, Correia Pinto fundou a povoa. Nessa praça existe um monumento em homenagem ao fundador de Lages, a estátua foi esculpida com traje característico do bandeirante. Na mão direita traz uma espingarda e, com a esquerda aponta o local onde seria erguida a povoação.

Fonte: www.visitlages.com.br

Escadaria do Morro Da Cruz

Construída no ano 2000, são 500 degraus em homenagem aos quinhentos anos do descobrimento do Brasil. Um dos pontos mais altos da cidade. Mirante observatório de Lages. A população tinha costume na sexta-feira da paixão, colher marcela antes do por do sol, fazer orações e depois quebrar jejum com um piquenique no alto do morro.

Fonte: www.visitlages.tur.br

Batalhão Ferroviário

O 10º BEC inaugurou um espaço cultural denominado “Museu Ferroviário”, cujo acervo preserva peças, documentos, quadros, fotografias entre outros materiais, que revivem e retratam parte dos mais de 150 anos da história do mais antigo e tradicional Batalhão de Engenharia do Exército Brasileiro, conhecido como o “Milionário das Ferrovias”. Além da guarda e preservação desses acervos o Museu Ferroviário tem possibilitado visibilidade das atividades da Engenharia de Construção por meio de oficinas, exposições e ações educativas, com o objetivo de comunicar e socializar a história do Batalhão. Em 2013 foi inaugurada a ferrovia “Memórias do Primeiro Ferroviário”, com mais de 700 metros, é percorrida pela locomotiva “Jaguarizinho”, que foi tombada em 1956, após mais de 50 anos desativada, foi totalmente recuperada em 2011 e hoje proporciona passeios previamente agendado.

Fonte: www.visitlages.tur.br.

Salto do Caveiras

Tem uma extensa área verde, lago para pesca e prática de esportes náuticos, cachoeira artificial, restaurantes, camping e um grande trapiche. Não deixe de visitar a Usina Hidrelétrica de Caveiras, a primeira construída na região, em 1953.

Fonte: www.turismo.sc.gov.br

Museu Histórico Thiago de Castro

O Idealizador do Museu, Danilo Thiago de Castro, começou a estruturá-lo aos 17 anos, em 1937. O acervo do museu é composto por documentos e imagens do séc. XVIII e XIX, armas de guerra e lutas regionais, utensílios de trabalho, doméstico, peças de vestuário e objetos de uso cotidiano. Tudo no Museu além de estar impregnado com a aura de seus antigos proprietários, possui a alma do próprio Danilo, são a sua extensão. O museu é desses lugares que nos modificam, que nos humanizam. Este foi municipalizado em 2012.

Fonte: www.visitlages.tur.br

Teatro Marajoara

Prédio em estilo art déco, com linhas gerais simples e detalhes rebuscados inspirados na arte indígena. Inaugurado em 1947 como um cinema. Sua capacidade para 520 pessoas é destinada atualmente a diversas atividades como apresentações teatrais, musicais, formaturas e outros eventos festivos. Nos dias úteis, a visitação pode ser feita em horário comercial, mas aos finais de semana a abertura e a presença dos funcionários está condicionada à realização de eventos.

Visitas de segunda a sexta das 08h00 às 12h00 e das 14h00 às 18h00.

Fonte: www.visitlages.tur.br

Memorial Presidente Nereu Ramos

A biografia de Nereu nos mostra uma vida coroada de êxitos políticos: deputado estadual de SC em 1911, deputado federal em 1930, deputado constituinte em 1933, Governador de SC entre 1935-1945, Presidente da República 1955-1956, assumindo o cargo do então Presidente Café Filho. Além de ser parte da história de Lages, Nereu é parte da história do Brasil, e o que podemos conhecer no memorial, através das imagens fotográficas e objetos, da vida social de um político, do cerimonial que cerca o governante de um país, a personalidade e o caráter de um brasileiro.

Horário de atendimento: segunda a sexta, das 8h às 12h e das 14h às 18h.

Fonte: www.visitlages.tur.br

Centro Cultural Vidal Ramos

Inauguração em 20 de maio de 1912 do Grupo Escolar Vidal Ramos marcou uma data importante na história, não apenas de Lages, mas também no Estado de Santa Catarina. Foi o quarto estabelecimento do gênero, construido no Governo do seu Patrono. Nenhum outro, o igualava em grandiosidade e no esmero de suas instalações. Após setenta anos de sua inauguração, foi tombado pelo governo do Estado.

Fonte: www.visitlages.tur.br

ImageSimple

Você irá perder de conhecer Lages?
Consulte disponibilidade agora mesmo!

VERIFICAR DISPONIBILIDADES